Um guia abrangente para as regulamentações de cosméticos dos EUA em 2024

Data de publicação:
Guia de regulamentações de cosméticos dos EUA

Para dominar o negócio de cosméticos de $90 bilhões nos EUA, você precisa conhecer as regras estabelecidas pelo Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA). A Lei FD&C estabelece essas regras. Elas têm como objetivo proteger os clientes, não impedir que as pessoas sejam criativas. Imagine registrar suas instalações junto à FDA. Isso possibilitaria o rastreamento de produtos e reduziria o risco de contaminação. Rótulos fáceis de ler ajudam as pessoas a tomar decisões inteligentes, especialmente aquelas com pele sensível. A segurança do consumidor vem em primeiro lugar com as regras rígidas da FDA sobre produtos químicos coloridos.

Não é suficiente apenas seguir essas regras; você também precisa construir a fé. Estudos mostram que os consumidores se preocupam mais com a segurança e a honestidade. Ao seguir as regras, você mostra que está comprometido, o que o ajudará a ter sucesso nesse mercado em crescimento que se concentra na segurança.

Garantia de cosméticos seguros nos EUA

Regulamentações de cosméticos dos EUA

O setor de cosméticos dos EUA prospera com a inovação, mas a segurança do consumidor continua sendo a principal prioridade. Esta seção analisa as medidas essenciais tomadas para garantir a segurança dos cosméticos nos EUA.

Requisitos de avaliação de segurança

Ao contrário dos medicamentos e dispositivos médicos, os cosméticos não são submetidos à aprovação pré-mercado da FDA. Entretanto, os fabricantes ainda são obrigados a garantir que seus produtos sejam seguros antes do lançamento. Isso é obtido por meio de um rigoroso processo de avaliação de segurança que normalmente abrange:

Avaliação de ingredientes

Uma análise abrangente de todos os perfis de segurança dos ingredientes, considerando dados científicos e riscos potenciais.

Teste de produtos acabados

Dependendo da complexidade e dos ingredientes do produto, podem ser realizados testes apropriados para avaliar possíveis irritações, alergias ou outras reações adversas. Os métodos de teste podem incluir:

MétodoDescrição
Testes in vitroTestes de laboratório que usam células ou tecidos para avaliar a possível irritação ou outros efeitos em um nível microscópico. Esse método pode ser uma maneira mais rápida e econômica de avaliar possíveis preocupações com a segurança.
Estudos clínicosTestes em voluntários humanos para avaliar a segurança e a eficácia do produto em uso no mundo real. Esse método fornece os dados mais realistas sobre o desempenho de um produto nos consumidores, mas pode ser mais caro e demorado.

Os requisitos específicos para avaliações de segurança podem variar de acordo com a complexidade e os riscos potenciais do produto. No entanto, o objetivo principal de garantir um produto final seguro para os consumidores continua sendo primordial.

O papel da FDA e suas principais responsabilidades

FDA e suas principais responsabilidades

A Food and Drug Administration (FDA) desempenha um papel fundamental na garantia da segurança e da qualidade dos cosméticos nos Estados Unidos. Embora os cosméticos não sejam pré-aprovados pela FDA como os medicamentos, a FDA ainda regulamenta ativamente o setor para proteger os consumidores. Algumas das principais responsabilidades da FDA no setor de cosméticos dos EUA estão listadas abaixo:

Definindo os padrões:

A FDA define o que se qualifica como cosméticos e os distingue de medicamentos ou dispositivos médicos, estabelecendo regulamentações específicas para cosméticos.

Exame minucioso dos ingredientes:

Embora a FDA não tenha pré-aprovado ingredientes cosméticos, ela os monitora de perto. Algumas substâncias são proibidas, enquanto outras têm restrições de uso.

Fabricação sob o microscópio:

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) garantem que as fábricas de cosméticos sigam diretrizes rigorosas em relação à higiene, ao controle de qualidade e aos processos de produção padronizados.

Transparência na rotulagem:

A FDA determina as informações que devem ser incluídas nas embalagens de cosméticos, como datas de validade, detalhes de nutrientes e avisos sobre alergênicos. Essa transparência permite que os consumidores façam escolhas informadas.

Monitoramento de segurança:

A FDA investiga ativamente os cosméticos que podem representar riscos à saúde e toma as medidas apropriadas, incluindo recalls, apreensões ou medidas legais contra os fabricantes.

Principais regulamentações que regem os cosméticos nos EUA

Principais regulamentações que regem os cosméticos nos EUA

Se você deseja trabalhar no setor de cosméticos dos EUA, precisa saber como funcionam as regras. Este guia fala sobre as leis e regras básicas que garantem que os cosméticos sejam seguros e de boa qualidade para as pessoas que os compram.

Lei Federal de Alimentos, Medicamentos e Cosméticos (FD&C Act)

As principais leis que regem os cosméticos nos EUA baseiam-se nessa lei fundamental, que foi aprovada em 1938. A FD&C Act define o que é um cosmético, quais regras de segurança se aplicam e dá à FDA o poder de tomar medidas contra produtos adulterados ou com rótulos incorretos. Algumas das partes mais importantes da Lei FD&C para cosméticos são:

RegulamentaçãoDescrição
Proibição de cosméticos adulteradosProdutos que contenham substâncias químicas nocivas ou impuras são estritamente proibidos.
Restrições de marca incorretaOs rótulos dos cosméticos devem ser precisos e evitar enganar os clientes sobre o uso, a segurança ou os efeitos do produto.
Regulamentações sobre aditivos de coresA FDA aplica regras específicas com relação à segurança e à aprovação de aditivos de cor usados em cosméticos.

Lei de Embalagem e Rotulagem Justas (FPLA)

Essa lei protege os consumidores ao garantir que os rótulos dos bens de consumo, como os cosméticos, sejam claros e repletos de informações úteis. A FPLA diz que os rótulos dos cosméticos devem mostrar claramente detalhes importantes como

Lei de Embalagem e Rotulagem Justas (FPLA)

Entendendo as regulamentações de ingredientes

Entendendo as regulamentações de ingredientes

A Lei Federal de Alimentos, Medicamentos e Cosméticos (Lei FD&C) é a base das regulamentações de ingredientes de cosméticos dos EUA. A FDA utiliza um sistema de "listagem negativa", o que significa que todos os produtos químicos são geralmente considerados seguros, a menos que apareçam em uma lista de substâncias proibidas ou restritas.

Substância restrita e proibida

A FDA mantém duas listas críticas:

CategoriaDescriçãoExemplo
Ingredientes proibidosSubstâncias totalmente proibidas de serem usadas em cosméticos devido a riscos de segurança conhecidos.- Compostos de mercúrio - Certas tinturas de cabelo de alcatrão de carvão - Propelentes de clorofluorcarbono
Ingredientes restritosIngredientes permitidos para uso em cosméticos, mas com limitações, como restrições de concentração ou requisitos de rotulagem.- Alguns aditivos de cor - Alguns conservantes

Os fabricantes devem se manter informados sobre essas listas, que são atualizadas regularmente pela FDA em seu site, para garantir a conformidade.

Outras leis e regulamentos relevantes

Além da Lei FD&C e da FPLA, várias outras leis e regulamentações podem se aplicar a aspectos específicos dos cosméticos, como

Lei das águas livres de microesferas de 2015

Essa lei proíbe o uso de microesferas de plástico em cosméticos de enxágue para proteger os cursos d'água da poluição por microplásticos.

Certificação de instalações da FDA

Certificação de instalações da FDA

O programa de Certificação de Instalações da FDA oferece uma camada adicional de garantia para as empresas de cosméticos. Essa certificação voluntária envolve uma auditoria completa de terceiros nas instalações para garantir a conformidade com as GMP e outras regulamentações da FDA. A auditoria abrange vários aspectos, inclusive o projeto da instalação, a limpeza, os procedimentos de produção, as qualificações do pessoal e os métodos de teste. Embora não seja obrigatória, a obtenção da Certificação de Instalações da FDA oferece várias vantagens para as empresas de cosméticos:

Credibilidade aprimorada

A certificação demonstra o compromisso de superar os requisitos regulatórios básicos, melhorando a reputação e a credibilidade da empresa.

Aumento da confiança do consumidor

A certificação demonstra uma dedicação à segurança e à qualidade, inspirando confiança nos consumidores que priorizam esses valores.

Vantagens do mercado em potencial

Alguns varejistas e distribuidores podem preferir trabalhar com fabricantes de cosméticos certificados, o que proporciona possíveis vantagens de mercado em relação aos concorrentes.

Processos regulatórios simplificados

A certificação pode simplificar as interações com a FDA durante inspeções ou análises de produtos, facilitando os procedimentos regulatórios.

Ao aderir aos regulamentos da FDA e considerar a Certificação de Instalações da FDA, as empresas de cosméticos podem ganhar a confiança dos consumidores, priorizar a segurança e a qualidade e se posicionar para o sucesso no mercado de cosméticos dos EUA, que cresce rapidamente.

Requisitos de avaliação de segurança

Requisitos de avaliação de segurança

Ao contrário dos medicamentos e dispositivos médicos, os cosméticos não são submetidos à aprovação pré-mercado da FDA. Entretanto, os fabricantes ainda são obrigados a garantir que seus produtos sejam seguros antes do lançamento. Isso é obtido por meio de um rigoroso processo de avaliação de segurança que normalmente abrange:

Avaliação de ingredientes

Uma análise abrangente de todos os perfis de segurança dos ingredientes, considerando dados científicos e riscos potenciais.

Teste de produtos acabados

Dependendo da complexidade e dos ingredientes do produto, podem ser realizados testes apropriados para avaliar possíveis irritações, alergias ou outras reações adversas. Os métodos de teste podem incluir:

MétodoDescrição
Testes in vitroTestes de laboratório que usam células ou tecidos para avaliar a possível irritação ou outros efeitos em um nível microscópico. Esse método pode ser uma maneira mais rápida e econômica de avaliar possíveis preocupações com a segurança.
Estudos clínicosTestes em voluntários humanos para avaliar a segurança e a eficácia do produto em uso no mundo real. Esse método fornece os dados mais realistas sobre o desempenho de um produto nos consumidores, mas pode ser mais caro e demorado.

Os requisitos específicos para avaliações de segurança podem variar de acordo com a complexidade e os riscos potenciais do produto. No entanto, o objetivo principal de garantir um produto final seguro para os consumidores continua sendo primordial.

Importância dos testes de produtos e dos dados de segurança

Testes robustos de produtos e dados de segurança confiáveis são os pilares das avaliações de segurança.

Dados de segurança

Esses dados, coletados de fontes confiáveis, desempenham um papel fundamental no apoio às avaliações de segurança. Eles podem incluir:

  • Perfis de segurança dos ingredientes
  • Informações sobre possíveis interações entre os ingredientes
  • Dados históricos de segurança de produtos similares

A manutenção de dados de segurança abrangentes e bem documentados é essencial para que os fabricantes demonstrem seu compromisso com a segurança do produto e atendam às possíveis consultas da FDA.

Ingredientes controversos e status regulatório

Além das listas estabelecidas, alguns ingredientes cosméticos suscitam preocupações devido a possíveis problemas de segurança. No entanto, seu status regulatório pode estar sendo revisado ou não haver provas conclusivas para uma proibição. Os exemplos incluem:

Parabenos

Esses conservantes amplamente utilizados estão sendo examinados devido a possíveis ligações com determinados problemas de saúde. Embora a FDA continue a monitorar as pesquisas sobre parabenos, ainda não restringiu seu uso.

Sulfatos

Esses agentes de limpeza eficazes podem causar irritação em algumas pessoas. Embora a FDA não os tenha banido, os fabricantes podem escolher alternativas sem sulfato com base na preferência do consumidor.

Ao aderir a esses regulamentos, realizar avaliações de segurança completas e manter-se informado sobre as restrições de ingredientes, os fabricantes podem demonstrar seu compromisso com a segurança do consumidor e contribuir para o sucesso do setor de cosméticos dos EUA.

Conformidade com as boas práticas de fabricação (GMP)

Boas práticas de fabricação

Boas práticas de fabricação (GMP) são regras estabelecidas pela FDA que explicam como fabricar cosméticos da melhor maneira possível. Embora as BPF não sejam uma regra, segui-las mostra que você se preocupa com o controle de qualidade e reduz a chance de contaminação ou de produtos inconsistentes. Aqui estão algumas partes importantes da GMP para cosméticos:

Projeto e manutenção de instalações

Garantir um ambiente de produção limpo e higiênico.

Processos e controles de fabricação

Implementação de procedimentos documentados e medidas de controle de qualidade em toda a produção.

Qualificações e treinamento de pessoal

Garantir que a equipe seja adequadamente treinada nos princípios de GMP e nos procedimentos de fabricação.

Manutenção de registros

Manutenção de registros precisos e abrangentes de todos os processos de fabricação e dados de testes.

Ao seguir as diretrizes de BPF, os fabricantes de cosméticos demonstram uma abordagem proativa em relação à segurança do produto e constroem a confiança dos consumidores e da FDA.

O papel da pessoa responsável (RP)

Pessoa responsável

A ideia de uma "Pessoa Responsável" (PR) é importante na Regulamentações de cosméticos da União Europeia e em alguns outros lugares, mas não no setor de cosméticos dos EUA. Entretanto, ainda há pessoas cujo trabalho é garantir que as regras dos EUA sejam seguidas.

Aqui está um detalhamento de como as responsabilidades são tratadas nos EUA:

Definição de pessoa responsável nos EUA

A ideia de uma Pessoa Responsável (PR), como é usada na União Europeia (UE) e em outros lugares, não se aplica diretamente ao negócio de cosméticos nos Estados Unidos. O sistema de RP da UE oferece às autoridades regulatórias um único ponto de contato e garante que as regras de cosméticos sejam seguidas. Embora os EUA não tenham um RP específico, ainda há pessoas encarregadas de garantir que os produtos sejam seguros e que as regras sejam seguidas. 

Responsabilidades da pessoa responsável

Como os EUA não têm um RP designado, as responsabilidades normalmente associadas a um RP estão espalhadas por diferentes entidades na cadeia de suprimentos de cosméticos:

FestaResponsabilidade
Fabricante- Desenvolver formulações cosméticas seguras. - Realizar avaliações completas da segurança dos produtos. - Seguir as Boas Práticas de Fabricação (GMP) durante a produção. - Garantir a rotulagem precisa e em conformidade.
EtiquetadoraCrie rótulos claros e em conformidade que atendam aos requisitos da FDA, incluindo: * Listas de ingredientes - Declarações de advertência (se aplicável) - Informações sobre a quantidade líquida - Normalmente, o rotulador é o fabricante, mas pode ser uma entidade separada.
Distribuidor- Verificar se os produtos cosméticos recebidos têm a rotulagem adequada; - Informar ao fabricante ou à FDA quaisquer possíveis preocupações de segurança. - Embora não sejam diretamente responsáveis pela formulação do produto, eles desempenham um papel importante na garantia da rotulagem adequada e na comunicação de problemas de segurança.

Seleção e indicação de um RP para sua marca de cosméticos

Conforme mencionado anteriormente, o sistema dos EUA não envolve a seleção e a nomeação de um RP para sua marca de cosméticos. No entanto, para passar pelo ambiente regulatório dos EUA, pode ser muito útil formar uma equipe de conformidade forte ou trabalhar com consultores externos. Essa equipe pode ajudá-lo com seu conhecimento e garantir que você entenda completamente quais são suas responsabilidades. 

Registro e notificação de produtos

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA faz com que as instalações e os produtos cosméticos passem por etapas de registro e notificação. Esta parte explica as regras mais importantes e ajuda você a entender essa parte das leis de cosméticos dos EUA. 

Entendendo o sistema

Na UE, os produtos são registrados antes de serem vendidos. Nos EUA, por outro lado, as instalações são registradas e os produtos são listados. Em outras palavras, seu produto de beleza não precisa ser pré-aprovado, mas você precisa registrar sua empresa e listar seu produto no FDA. 

CPIS (Declaração de Ingrediente de Produto Cosmético)

O CPIS não é um processo de registro em si, mas é um registro importante que deve ser usado para listar um produto. Aqui está uma lista de todos os ingredientes de seu produto cosmético, do mais pesado ao mais leve, juntamente com seu número CPIS. É um ótimo recurso para pessoas que têm problemas alimentares ou são sensíveis a determinados ingredientes. 

VCRP (Programa de Registro Voluntário de Cosméticos)

Quando foi introduzido pela primeira vez, o VCRP era um programa opcional que a FDA oferecia para o registro de cosméticos. No entanto, o VCRP não está mais em uso desde dezembro de 2020. 

Requisitos atuais (registro de instalações e listagem de produtos)

A Regra Final da FDA sobre Registro de Instalações e Produtos Cosméticos estabelece os requisitos atuais:

Registro de instalações

Todos os estabelecimentos de cosméticos que fabricam ou processam produtos cosméticos para distribuição nos EUA devem se registrar na FDA. Esse registro se aplica a instalações nacionais e estrangeiras.

Listagem de produtos

Todo produto cosmético comercializado nos EUA deve ser listado na FDA. A listagem de produtos inclui informações como o nome do produto, os ingredientes e a parte responsável.

Outros requisitos relevantes de registro e notificação

Embora o registro da instalação e a listagem do produto sejam os principais requisitos, pode haver notificações adicionais, dependendo do seu produto ou situação específica. Por exemplo:

Aditivos de cor

Se o seu produto cosmético contiver aditivos de cor, talvez seja necessário enviar informações adicionais à FDA.

Cosméticos importados

Pode haver requisitos específicos para o registro de instalações que fabricam cosméticos importados.

Venda de produtos cosméticos on-line nos EUA.

Produtos cosméticos on-line nos EUA.

O mercado de cosméticos dos EUA é muito aberto a novas ideias, e as vendas on-line estão crescendo muito rapidamente, seja usando um site pessoal ou uma plataforma como a Amazon. Este guia informa tudo o que você precisa saber para colocar o site da sua marca de beleza em funcionamento e seguir as regras. 

Regulamentações e requisitos de comércio eletrônico para a venda de cosméticos

Embora as principais regulamentações de cosméticos dos EUA se apliquem tanto às vendas on-line quanto às vendas em lojas físicas, há algumas considerações adicionais para o comércio eletrônico:

Registro de instalações e listagem de produtos

Certifique-se de que seu estabelecimento de cosméticos esteja registrado no FDA e que todos os seus produtos estejam listados, conforme exigido para todas as vendas de cosméticos nos EUA.

Conformidade com a rotulagem

Os rótulos de seus produtos devem ser claros, precisos e estar em conformidade com os requisitos de rotulagem da FDA. Isso se aplica tanto a rótulos de produtos físicos quanto a descrições de produtos on-line.

Reivindicações do site

As declarações de marketing em seu site devem ser verdadeiras, não enganosas e fundamentadas por evidências científicas, assim como a publicidade tradicional.

Avaliações e depoimentos de consumidores

Avaliações e depoimentos online podem ser ferramentas de marketing poderosas, mas lembre-se de monitorá-los e responder a qualquer feedback negativo de maneira rápida e profissional. Os Guias de endosso da FTC oferecem orientação sobre a divulgação de avaliações ou depoimentos patrocinados.

Considerações sobre publicidade e marketing

AspectoDescrição
AlvejandoConsidere o seu público-alvo e adapte as estratégias de marketing online de acordo. As mídias sociais e o marketing de influenciadores podem ser eficazes para alcançar os entusiastas da beleza, também mantendo-se atualizados tendências de beleza.
Reivindicações e evidênciasFundamentar quaisquer afirmações feitas em publicidade on-line ou materiais de marketing com dados científicos confiáveis. Evite alegações de tratamento/cura de doenças. Certifique-se de que as alegações anti-envelhecimento/redução de rugas sejam apoiadas por evidências.
TransparênciaSeja transparente sobre os ingredientes, possíveis efeitos colaterais e quaisquer limitações de seus produtos.
Conformidade com as leis de publicidadeCertifique-se de que a publicidade online cumpra os regulamentos da Comissão Federal de Comércio (FTC) (proíbe práticas enganosas/enganosas).

Avaliações e depoimentos de clientes on-line

AspectoDescrição
Avaliações de monitoramentoMonitore ativamente as avaliações online e o feedback dos clientes. As avaliações positivas podem construir confiança e fidelidade à marca, enquanto as avaliações negativas podem oferecer informações valiosas para a melhoria do produto.
Respondendo a comentáriosResponda às avaliações positivas e negativas com rapidez e profissionalismo. Agradeça aos clientes pelo feedback positivo e trate as preocupações negativas com respeito. Isso demonstra que você valoriza a experiência do cliente e está comprometido com a melhoria.
Diretrizes de endosso da FTCEsteja atento aos Guias de endosso da FTC se você apresentar depoimentos ou avaliações de clientes em seu site. As divulgações podem ser necessárias se esses endossos forem patrocinados ou incentivados pela sua marca. Seguir essas diretrizes garante transparência e protege você de questões legais.

Ao cumprir os regulamentos, implementar práticas de marketing responsáveis e interagir com a sua comunidade online, você pode construir uma presença online próspera para a sua marca de cosméticos. Lembre-se de que confiança e transparência são fatores-chave na construção de uma base de clientes fiéis no competitivo mundo das vendas online de cosméticos.

Rotulagem privada para o mercado de cosméticos dos EUA

Rotulagem privada para o mercado de cosméticos dos EUA

O mercado de cosméticos dos EUA prospera com inovação e diversidade. A etiquetagem privada oferece uma oportunidade única de entrar nesta indústria emocionante sem o fardo de começar do zero. Este guia explora o conceito de rotulagem privada para cosméticos nos EUA, descrevendo seus benefícios, etapas envolvidas e principais considerações.

Visão geral das obrigações de rotulagem nos EUA

A Lei de Embalagem e Rotulagem Justa (FPLA) e a Lei de Alimentos e Medicamentos (Lei FD&C) estabelecem regras sobre como os cosméticos devem ser rotulados. Os clientes devem ser capazes de obter informações importantes sobre os produtos que compram devido a essas regras. 

produtos de marca própria para cuidados com a pele
Comece a trabalhar conosco agora!
Solicite seus produtos de cuidados com a pele/cosmecêuticos desejados em apenas alguns minutos e nós o ajudaremos da melhor maneira possível.
Obtenha uma cotação gratuita agora!

Elementos-chave da rotulagem e embalagem de produtos cosméticos

O seu rótulo cosmético serve como uma ferramenta de comunicação crítica e deve incluir os seguintes elementos-chave:

ElementoDescrição
Declaração de IdentidadeNome do produto e descrição clara do uso pretendido.
Quantidade Líquida de ConteúdoQuantidade de produto na embalagem, seguindo diretrizes específicas da FDA para unidades de medida.
Lista de ingredientesLista completa de ingredientes, apresentada em ordem decrescente de predominância de peso. Crucial para alergias e sensibilidades.
Nome e Local de NegócioNome e endereço do fabricante, embalador ou distribuidor responsável pelo produto.
Declarações de advertência (se aplicável)Avisos claros e proeminentes sobre riscos potenciais, como irritação da pele ou preocupações com exposição solar.
Isenções de rotulagem de cosméticosProdutos de quantidade limitada ou de uso único podem ter isenções de certos requisitos de rotulagem. Consulte o site da FDA para obter detalhes.

Etapas envolvidas na etiquetagem privada, incluindo seleção e personalização de produtos

O processo de etiquetagem privada normalmente envolve várias etapas principais:

EtapaDescrição
Desenvolvimento de conceitoDefina sua marca e a proposta de venda única (USP). Aproveite as formulações existentes de fabricantes de marcas próprias (online ou feiras) para um lançamento mais rápido.
Seleção do FabricantePesquise e identifique fabricantes de cosméticos de marca própria respeitáveis com experiência na categoria de produto desejada. Considere padrões de qualidade, quantidades mínimas de pedido (MOQs) e opções de personalização.
Seleção/Desenvolvimento de ProdutosEscolha entre as formulações existentes oferecidas pelo fabricante ou colabore para desenvolver uma fórmula personalizada que atenda às suas especificações.
Design de embalagensCrie embalagens exclusivas e atraentes que reflitam a identidade da sua marca e ressoem com o seu público-alvo. Garanta a conformidade com os regulamentos de rotulagem dos EUA.
Produção e TesteO fabricante produzirá seu produto com base na fórmula acordada e nas especificações de embalagem. Testes rigorosos são cruciais para garantir qualidade e segurança antes do lançamento.
Conformidade regulatóriaComo proprietário da marca, você é responsável por garantir que seus produtos cosméticos estejam em conformidade com os regulamentos dos EUA, incluindo rotulagem, registro e padrões de segurança.

Seguindo essas etapas, você pode aproveitar a rotulagem privada para lançar uma marca de cosméticos bem-sucedida e em conformidade no mercado dos EUA.

Conclusão

Mulher feliz com o produto

O negócio de cosméticos nos EUA precisa de novas ideias o tempo todo, e a rotulagem privada permite que você entre em ação. Este guia falou sobre os prós (lançamento mais rápido, investimento menor) e os contras dessa abordagem estratégica, bem como sobre as etapas importantes (conceito, seleção do fabricante, desenvolvimento do produto, embalagem, produção e conformidade). Lembre-se de que, para criar uma grande marca, você precisa de um nome claro, produtos de alta qualidade que atendam aos padrões de segurança dos EUA e uma embalagem que se destaque. Você pode realizar seus sonhos de cosméticos no mercado dos EUA trabalhando com uma empresa de marcas próprias de boa reputação e colocando esses aspectos em primeiro lugar.

PERGUNTAS FREQUENTES

Não, ao contrário dos medicamentos, os cosméticos não exigem aprovação prévia da FDA. No entanto, você é responsável por garantir que seus produtos sejam seguros e estejam em conformidade com os regulamentos relevantes.

O site da FDA fornece uma grande quantidade de informações sobre as regulamentações de cosméticos. Consultar um especialista em assuntos regulatórios ou um consultor jurídico com experiência nas regulamentações da FDA pode oferecer orientações valiosas.

Pode haver requisitos específicos para o registro de instalações que fabricam cosméticos importados.

Estamos aqui para ajudá-lo
Expanda seu alcance e alcance
Entre em contato conosco para adicionar produtos de cuidados com a pele premium e de marca personalizada à sua linha.

Procurando atender às suas necessidades de produtos para a pele? Entre em contato conosco hoje mesmo!

Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco e vamos transformar sua visão de cuidados com a pele em realidade imediatamente!

Pronto para começar?
pt_BRPT